Como seria um novo Opala (ou Diplomata) nos dias atuais

O Jornal do Carro (do Estadão) fez uma pesquisa entre seus leitores e, no final da votação, chegou-se à conclusão que o Diplomata (ou Opala) deveria ser reeditado e lançado novamente pela Chevrolet (assim como a VolksWagen fez com o Voyage).

À frente até do querido Monza na votação, o Diplomata ganhou até uma projeção, pegando os traços atualizados da montadora. O resultado, você pode ver na foto que ilustra esse post (acima).

Para quem não lembra do Diplomata, ele era a versão “topo de linha” da Chevrolet nos anos 80, até a entrada do modelo Omega. Ambos foram, por muito tempo, carros da Elite Política do Brasil.

A sua trazeira, pela projeção feita, ficaria assim:

opala-2

A se julgar que algumas linhas desta projeção lembram muito a do novo Impala (que foi a base para a criação do Opala Brasileiro) e, ainda, que a Chevrolet está pensando em trazer um novo modelo para substituir o novo Omega (como visto aqui), não duvido muito que isso possa se tornar realidade.

E você, acha que as montadoras devem “ressuscitar” modelos antigos? Deixe nos comentários.


Quem é Rogério Lima

veja todos os seus posts

Desde criança apaixonado por carros e personalização. Criou a comunidade "Biz Tuning", a maior do gênero no Orkut e é, também, criador do blog Bobolhando e Meia Lua e Soco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*